terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

... algumas noites são mais escuras do que as outras...

...




O que que eu estou procurando
no vago, aflita, olhando
de canto em canto buscando?
O que?

De noite a lua assiste
que eu fico ainda mais triste
e saio pra rua andando,
procurando... mas... o que?

Talvez se um dia eu achasse
o mundo depressa tirasse
e eu não conseguisse nem ver...
mas... o que?

O que que eu estou procurando
no vago, aflita, olhando
de canto em canto buscando?

O que?


(O que - Maysa)

Um comentário:

Mai disse...

Oi, Kelly.

Sempre penso que o tempo que deixamos de viver pensando em noites que são vazias, poderíamos preencher num agora com mais luz.

Belo texto.
Belas palavras.

carinho.

Mai